Chega chegando
de mansinho
Me fazendo perguntas
devagarinho

Querendo saber uma coisa
aqui e acolá

Querendo saber da minha vida
Como um tagarela
A falar pelos putos

Querendo fazer mixiricagem
Àquele assunto mais pessoal

Se fode, porque eu sou do mal.

Vai se penetrando na minha nuvem
Não pra ser meu amigo
com atenção
Mas pesquisando a minha incerteza
E a minha rendição

Se fode, porque eu sou do mal.

Não dá pra tentar me ganhar
Com aquela conversinha esdrúxula
Se não vier de verdade
Se não vier com licença
E com liberdade

Se fode, porque eu sou do mal.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s