Outro lado

Fui parar do outro lado
Num além transitório
Que não saberia explicar
Ouvi lamúrios, de choro e tristeza
Não sei como contar.
Se é verdade ou ilusão o que passou
Eu não sei.
Mas as marcas daquela situação
Essa eu não desperdicei.
Da minha morte em vida
Extrema morte.
O que levei?
O que busquei?
Ou encontrei?
Naquele túnel escuro
O que vivenciei?
Em morte?!
É possível ver?

Abandonei a poesia
E a magia de viver.
Vi toda beleza da terra
Em dia, desaparecer.
Eu não sabia a dor
Que aquilo ia me causar.
Mas quando senti o ardor
Vi que aquilo ia custar.
Meu coração ofegou
E por um instante parou.
Senti que ia desmaiar
E não conseguia piscar.

Tipo Infinito

 

Um encontro de amigos
em poesia rítmica de nomes
em festa

Agora que Dona Orlíndia

Virou verso de poema

Trouxe também Roberta Lobo

Que foi chamar Monique Lima

A vir passear com Lara Duetts

Chegou aqui com Suellen  Carvalho

Que veio com Dudu Lucas

Que não negou trazer Lohan Kovacsics

Ainda nisso apareceu Douglas Henrique

Que veio acompanhado de Paloma Cardoso.

Reinaldo Bernardo estava presente

E Joaquim Marçal prestigiou sua visita

Dona Filomena também contribui

E Patrícia Alves também participou

Romário Machado disse: –“Não tenham medo!”

E os filhos Ian, Maria Clara e Ana Luiza fizeram o coro.

Mariani Esteves   fez uma confissão.

E Ariani Esteves estendeu sua visão.

Quando piscou, apareceu Ana Célia

Que com sua força trouxe Walace Silvano

Que com sua presença trouxe Vinícius Gomez.

De repente, quando estavam todos sóbrios.

Veio Marcelo Firmo, Elvis Cavalcanti,

Hugo Carvalho, Jefferson Barretos.

A festa estava preparada

E as letras inspiradas

E nesse meio tempo Cleide Esteves veio beber água

Aparecendo com Tathiana Lopes Pontes

E Alexsandro Soares trazendo João Victor.

Foi quando Vera Chouza ouviu a voz

De Thaís Pedron que veio cantando.

Marco Antônio gostou da canção

E preparou um cartão para

Herbert

Valéria

Edilene

Victor

Ticiana e

Carla

Que vieram e trouxeram os pequenos

Que fizeram a festa.

Tio Astor e tia Marli presenciaram

Tudo com muito esplendor

Dando lugar para Dona Julieta sentar.

Tio Ajax e Leandro Pontes disseram

Que viriam mais tarde

Mas Cristiano e Gustavo não

Custaram a chegar

Vindo de bonde com Tamara Cristhine,

Bruno Guimarães e tio Paulo Pontes.

Chegando depressa vieram

Elisangela, Wellington e

Miguel Bernardo.

Gleicy Bernardo e Jefferson Pedro que

Não poderiam deixar pra trás

Bernardo.

Até parece que Leandro

E Marcelo Alves

Ficariam de fora

E dessa vez Letícia veio com

Beatriz e as bambinas Lara e

Como esperados, vieram todos,

Aparecida

Sirlene,

Thamires,

Pamela

Bira

Daniel

Cristhiane

Magal

Cercados pela

Infantaria juvenil

Katllen, Carolina

Ana Beatriz, Victória

Kaiky, Yuri, Yara.

Sheila Aparecida e Wanderlan

Também apareceram

Trazendo também Alexandra.

Foi de passagem que passam

Corina, Yuri, Luana Miranda e Waldir

Mas acabaram chegando pra ficar.

Não poderia faltar Romilda

Mariana, Luiz e Luiz Carlos.

Zilda também, seja bem vinda

Chamando Ana Oliveira, Elias, Sara,

Sarinha, Fabinho e Sheila a se apressar.

De surpresa brotou Natália Dias e

Por ordem divina vieram

Ivete, Walter, Valéria

E Paulinho, com as crianças

Encontrando-se aqui com

Tio Alberto e tia Cleuza

Também a celebrar.

❀✩

Manhã de inverno
Quase meio dia
Tá um sol danado
E um calor absoluto.
Penso na primavera
E em mim
E em você
E no jasmim
No Carmo*
Nas orquídeas
Dona Orlíndia
Seu Marçal
Lindo casal.

(14-9-14)

 

*  Flores de cerejeiras do Parque do Carmo em SP

E quando chegar a primavera
Você vai ver.

Vai florir as flores no meu jardim
Minha vida vai florescer.