Uma vez
a mãezinha amada
do meu namorado
passou mal
e foi para o hospital
se medicar e se tratar.
Chegando lá
em péssimas condições
de atender
e diagnosticar
A administração
de tal lugar
Segurou-a no leito
sem constar o AVC
imediatamente
teriam-na que transferi-la
Porém
A semana passava
Enquanto tentávamos recorrer
Enquanto tentávamos resgatar
Conseguir uma vaga
Em outro lugar
Durante os contatos enviados
Pedi ajuda até
ao governo de Portugal
respondendo-me então
que não era da sua atribuição
e que cada nação dos seus povos
a cuidar
é o que tem que ser
Não com essas palavras
Mas depois de uma semana
em coma
na Policlínica Itália Franco
em Japeri
transferida para Saracuruna
Com tanto atraso
Com tanta demora
Era tanta a urgência
Um médico de verdade
A cirurgia que precisava
A atenção necessária
Aconteceu que
então minha sogra
morreu.

Para dor dos familiares.
Para o desprezo dos governos.
Corruptos, falsos, fajutos.
Continuam roubando fortunas
dos hospitais.
Enquanto a saúde do povo vai
à óbito.

Saudades,

Maria Lúcia Bernardo Marques ❤

vida

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s