Chuva de Cinza – Parte II

Ela continua a cair
Chuva de cinza
Grandes pedaços pretos
Pintam o chão
Serpentina de cinzas
Confetes de cinzas
Que voam
Não é enfeite
É queimada rolando em
algum lugar dessa terra
Mancham o ambiente
Agonizam minha mente
Vem do céu
Vem de onde?
Reflexo de queimada
O que queima?
Será mata? Sera morro? Será lixo?
Será na beira do rio?
Ou próximo a morada de alguns animais?
O que será que queima agora?
Onde será que queima agora?
Meu coração também queima
Mas não dá pra ver minhas
cinzas por aí

Advertisements

One thought on “Chuva de Cinza – Parte II

  1. Acredito que sejam os balões que insistem em soltar. Aqui também todo dia pela manhã temos de varrer as cinzas que caem durante a noite e ao olhar as montanhas observamos elas descarnadas e agonizando sem que haja por parte das autoridades qualquer manifestação, afinal não interessa o que vale é a olím – piada que se apresenta. 😦

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s