No papel
a balanço
o descompasso
matinal e noturno

___________________________________

A caça do desemprego
Eu não quero me empregar
Ocupar um cargo que não é meu
Me entregar
Pro carrasco me maltratar
Eu quero é viver

___________________________________

A vez do compasso
Já passou
Já bateu
Agora
só falta
você
Falar
Parar de
soluçar
e ir
aprender
a viver
só.

____________________________________

Sem saúde
Sem poder
Não é meu
Esquizofrênica leitura
Lambe Lambe
É saúde
Paciência
Tranquilidade e
Paz celestial
Nas montanhas
mais altas
Só se for
Aqui não.

___________________________________

Ela


Nunca mais quero
vê-la outra vez
Nunca mais tocar
a pele dela
Que ela saia já
daqui
Que ela suma por aí
Desapareça da minha
visão
Que siga sua vida
Pra outra direção
Que ela evapore e
eu nunca mais a veja.
Maldita tentação.

_________________________________

Ela (2)

Demônio maldito
Ela
Capeta
Ela
Atenta
Ela
Perturba
Ela
Alimenta a minha revolta e minha vontade de dor.
Ela
Me faz matá-la de vez
Dentro e fora de mim
Agora e sempre
Amém
Será assim

Ela sumir

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s