A Rua

“Ela √© mais que o asfalto onde eu piso

Ela é o caminho que nos leva a liberdade

Quando os povos oprimidos à conquistam

Ela √© a parte mais bonita da cidade.ūüé∂

√Č ela quem escuta os nossos gritos

O riso, o choro, o lamento de dor

As bombas, disparos, os golpes brutais

De quem pratica a guerra e fala em paz.

 

Ela é dos cantos, das batucadas

√Č o povo unido quem a det√©m

√Č das bandeiras, das barricadas

Ela é de todos porque é de ninguém

 

N√£o √© dos chefes, nem dos patr√Ķes

Não é uma posse, não é um bem

Nem dos Estados, nem das na√ß√Ķes

Ela √© de todos porque √© de ningu√©m.”ūüé∂

 

Baderna Midi√°tica

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s