Ladainha

Você vem
defender aquele menor marginal
Não vê
Que se tornou um “homem” mal
Perdido
Desesperado
Desencontrado
Na sociedade do capital
Ó mãe
O que fazer?
Seus filhos irão morrer
E morrem no hospital
E morrem
Aos tiros do policial
E policiais também morrem
Por que não?
Quem mata, morre também
É a lei do cão.

Ó mãe
Você vem querer prender o menor marginal
E dizer
Que ele já matou seu filho também menor
Dizer que ele também matou um pai de família
…………………………………………trabalhador
Qual é a estatística para meninos assassinos
………………………………………..contraventor
Mas as crianças estão jogadas nas ruas
marginalizadas
sem escola de qualidade
sem qualidade de vida
sem comida
sem água
sem mãe e sem pai
sem roupa e
sem vó.

Não são todos ó mãe
Não são todos.
Quem pagará pela vida dos nossos filhos ó mãe
Se gestores públicos que roubam milhões e milhões
em dinheiro da
merenda das crianças
e das escolas
e dos hospitais públicos
estão soltos
fazendo propaganda escrita e
na televisão
pagando milhões para jornalistas comprados
pelo sistema opressor
ó mãe
ó mãe
dos filhos dessa terra mãe gentil
porra nehuma
gentil é a puta que pariu
filhos da prostituta maldita
Será o quê?
Por que mãe?
Por que mãe?
Filhos da desigualdade social
vão morrer
vão matar

Prenda
Prenda todos os condenados
E não condenem os reféns.

Prenda
Prenda os políticos corruptos
Os empresários em conchavo
E pras crianças educação

Educação de qualidade
E saúde. E merenda.
E não ao trabalho explorador
E terra
E solo
Para que vivam com amor.

Dúvido, que se essa sociedade fosse totalmente diferemte
Se existiria crianças ladronas
Mas, por que será que uma criança de 12,
13, 14, 15, 16 anos
quer roubar seu celular?

Mas peraí
Nada disso vale a pena
Se você for pensar bem.
Nada disso importaria
Se tivéssemos terra pra plantar
Solo pra cuidar
Pra nos alimentar
Sem nos explorar.

Sistema maldito
Sistema fudido
E dilacerado
Corrupto
Envenenado
Está a nos sugar
Entenda.

Os pretos e pobres e favelados
Estão a morrer
E fazemos pouco, muito pouco
quase nada
Para isso reverter.

Ó mãe
Por que mãe
Salve seus filhos ó mãe.
Salve seus filhos ó mãe
Salve seus filhos.
Salve seus filhos.

Entenda
Somos todos jovens a matar
E jovens a morrer
E filhos a narcer.

Salve-nos.
ó mãe.

Advertisements

One thought on “Ladainha

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s