Só vai sobrar a madrugada

Só vai sobrar a madrugada
Para eu chegar em casa.

*

Chegamos
juntos
com os
raios

Chegamos juntos
com os raios

_

Uma conversa entre o
raio e o trovão
O raio falou que sim
E o trovão falou que não.

Advertisements

III

deixa eu não querer mesmo
tanta mulher por aí
é melhor pra você!


vou viver minha vida
cada segundo dela
com toda plenitude que eu puder viver.


você quer dialogar qual ponto de vista comigo?
se você desencadear uma postura eurocêntrica
eu vou te massacrar.


tá perdido.
Na igreja de bandido
Só Deus Salva!


quando eu penso que vou ser forte
cai toneladas na minha cabeça
e eu desabo.

Professora,
Perdi-me nos altos e baixos de mim
Me enfureci e sumi
Revoltei-me e
ausentei-me
fui a lugares estranhos e obscuros.
Visitando diversas realidades e localidades
e ainda estive aonde não era real.
Um novo mundo criei e inventei
paralelamente a minha razão (irreal)
Alucinei e chorei
distraí-me e enlouqueci
Tentei voltar diversas vezes e passei por
diversas nuvens de tormentas e de confusões mentais
decepções estruturais do meu ser.
tentando continuar
tentando não parar
tentando me manter
e não me entregar.
Brinco com as palavras e com a poesia que
elas me trazem.
Irrito-me facilmente
pois penso não valer de nada estas letras
marginais
que não me levam à lugar nenhum.

Meu bom amigo

O meu bom amigo já havia me dito
Não adiantava eu tentar sumir
Não adiantava eu tentar fugir.

Não adiantava eu tentar correr para o pó das estrelas
Não adiantava eu tentar me encaminhar pra imensidão.
Não adiantava eu tentar perfurar o ar.
Não ia dar.
Aquilo terrivelmente não ia dar.
Não adiantava eu tentar fugir para um beco sem saída.

Eu precisava resistir
Eu precisava ir me buscar.
Eu precisava ir me encontrar.
Eu não poderia sumir na poeira do universo.

Meu grande amigo já havia me dito.
Meu bom amigo já havia me dito.
Dito isto que ele me disse.
Quem deveria escutar?

(Se não eu?)