É muito absurdo mesmo
Escolas sucateadas e desperdiçadas
Talentos sendo suprimidos, escondidos,
manipulados, dominados,
em nome desse estado de coisas
desse sistema cruel.
É muita cara de pau e impunidade
saber que para pagar os professores,
para remunerar os aposentados
“eles” alegam não ter dinheiro
enquanto para os empresários
enquanto para as empreiteiras
“eles” soltam milhões e milhões.
Sabendo do superfaturamento das obras públicas
e dos desvios de verbas então
mais revolta ainda dá
ao ver o que falta para educação,
verdadeiros diálogos em história e sociologia
português para o dia a dia
matemática para a vida em questão
a ciência de entender os porquês
e a pesquisa da realidade vivida
por cada um em sua especificidade
num diálogo constante entre idéia e ação
de (des)construção/ transformação dessa sociedade.
É muito bom ver essa tomada de poder
a ação direta
a auto representação
auto gestão.
Parar pra rever o que é nosso por direito
É mesmo o nosso dever
Tirar da mão dos sangue sugas o poder
e desconcentrar e desconcertar
essa imposição.
A escola é o lugar
da reação agora
também
Novas possibilidades de viver e
aprender
Ser um novo ser.

Uma coisa horrível!
Uma desgraça!
Uma tragédia!
Onde crianças estão sendo assassinadas
Com revólveres
Assassinos impunes
A realidade social é o cáos
É caô!
Caô na imensidão
Constelação de incertezas
Crianças mortas picadinhas jogadas no Rio Guandu
Japeri tá assim
Sobrevivendo na selva urbana/humana
Imunda.
Cheiro de sangue toma conta do lugar/ do luar
A morte beija a decepção em trevas
Aniquilação da razão humana/urbana
Parasitas, suicidas, magistrados
Magistério
Educação pra educar a o quê?
Pra onde iremos viver?
Educação humana
Humano é o que?

riov