Pedi ao mundo pra esperar
mais um pouquinho
Pedi um tempo pra Deus e pra Jah
Mas o mundo repetia: — Depressa!
A vida não pode esperar.

Pedi ao tempo que aguardasse um
minutinho.
Pedi, porque depressa ia passar
Mas o tempo respondeu: — Que demora!
Seu minutinho custou a passar.

Pedi a vida que entendesse o meu apelo
E que pedisse o tempo pra parar.
Mas a vida respondeu: — Que prepotência!
Cada um tem sua hora e seu lugar.

O Carnaval acabou
E eu fico me perguntando…
_ E amanhã?

Disseram que só importa esse minuto.
E é a ele que devemos satisfação.
Mas passado e futuro ainda existem.

Eu queria voltar
Queria ter paciência pra voltar.
Mas dizem que queria/m é coisa
pros fracos

O que você teme?
Se não a ganância, a ambição em
>>>>>>>>>>>>>>> poder?

O que você quer ser? O que vc quer
ser quando crescer?
>>>>>> Eu quero Ser grande!
>>>>>> Um Grande espírito.
 Se é que ele existe
 Porque não o vejo.
 Ele é invisível.
 Talvez eu não saiba. É mentira.

Resolvi absorver a escada rolante
do meu ser.
Menina que anda pra trás
Sob sua dimensão mais voraz.

Aquela que ousa dizer e não diz.
Sufocada pelas próprias palavras
em questão
.

Desilusão do amor.              ❤    ❤
Não há espaço sideral.            ❤    ❤

Cirurgicamente a mente de contradiz
Tentando repousar nos absurdos
>>>>>>>>>>>>>>>>>>> esquecidos.

.

O que você quer?

E mas,

Na rede.
Bobeou na Rede. É Peixe!