Previsão do tempo: A união de poderes.

Previsão do tempo:
A união de poderes.

O céu e o mar unidos em comunhão
Resolveram dar festa eterna na terra
Chamaram a lua pra passear nessa
atmosfera suave.
Brilhante ela vinha todos os dias
Tinha dia que se escondia
Tinha dia que fininha aparecia
Outros dias ela parecia bem cheinha
Toda dourada ela vinha
Esbranquiçada sorria
Iluminada existia/ Resistia fiel.

O céu e o mar com toda cautela
Convidaram o sol pra passear em amores
E ele sorriu apressado.
Já revoltado com as dores. Quem diria!?
Mas o sol saindo contente, de repente
apareceu às montanhas
Para mais um dia aquecer
E brilhar para o céu e o mar
E esta união abençoar.
Iluminando ele ia, o dia todo, todo dia.
Às vezes saía pra decansar,
Repousar em seu sono profundo
Mas mantinha-se sempre acordado
sempre alerta.

O céu e o mar já tão felizes
Pediram ao vento para fazer presença
E mandar seu território.
Espalhar as sementes que voarão.
O vento disse com firmeza
— Claro que sim, meus irmãos.
Estarei aqui para sorrir pra vocês.
Ondular e fazer rajar.
Renovar e fazer agitar.
Trazer novas nuances e os refrescar.

Com toda sabedoria do céu e do mar
Esses dias tão perfeitos.
Com altas intensidades
A dimensão voraz da natureza
Vociferando tamanha beleza
Nesta companhia agradável
Rodeados por amigos sinceros e
protetores.

O céu e o mar. O vento, o sol e o luar.

Esperando a hora do anoitecer
Sorrindo pela rua
As estrelas a brilhar

No céu, o vôo dos pássaros
A liberdade que encanta a humanidade
Eterna enquanto o mal não vier lhe aprisionar

Deixe-o ser feliz
E viver com plenitude
Durante sua passagem

Porque ele também tem prazo de validade
Quanto mais livre melhor
Assim como nós

Que enfrentamos a luta diária
Pela vida eterna
Enquanto existirá a terra

Só não sabemos o tempo certo
O quanto durará
Por isso é preciso calma
Para a hora que chegará.

Ninguém prevê o futuro
E desse dia ninguém saberá
O único tempo certo
É o tempo que aqui está.

Então enquanto andamos pela rua
Com o céu a admirar
Vamos todos exaltar

Tudo o que essa imensidão
Pode nos apresentar
Com fascinante gratidão.