Vou acender velas para São Jorge

Meu deus, o ser humano é um animal racional, oremos.

Vede segunda de feriado, dia de São Jorge, respeitem o santo. Feriado prolongado.

Lembre-se que para o trabalhador assalariado, segunda feira de feriado  ainda é dia de trabalho.

Olhemos ora, pois, embarcar nos trens da Central do Brasil, levando o que a Baixada vem oferecendo historicamente à cidade: mão de obra barata.

Agora, vejamos: trem de 40 em 40 minutos e muitos trabalhadores a esperar na estação, o trem segue lotadão.

Pensem que o feriado estadual para curtir e servir aos que estão nas administrações públicas, até os indicados e prostitutos políticos.

E também é claro, altos escalões das empresas privadas, tudo bem.

Olha aqui, a Supervia não garante transporte de qualidade, o Estado não está preocupado com o seu bem estar.

A hora que esse povo todo que vai apertado, ficasse revoltado, aprender a subverter essa ordem ilógica, subumana e imunda.

Pensar além do trabalho assalariado, além da lógica do mercado, se rebelar contra o papel dos patrões na manutenção dessa porcaria…

Eu ficando revoltada com essa zorra, mas aí pensando que quando os coletivos e grupos organizados estão a reivindicar as demandas populares e contam e precisam da participação massiva da sociedade, esta mesma sociedade, corresponde com apatia e desdém.

Não une e não fortalece as reivindicações, se ausenta, fica encabrestado e vendido, se posiciona ao lado da opressão.

Então o que diria, o povo trabalhador faz por merecer? Tem o que merece?

Bom eu diria que não, pois, falta muito Marx na formação e educação.

Veja bem, a esquerda faz bem. Anarquista, comunista, socialista, anticapitalista, ANTIFA.

Porra! Reaja ou Morra!

trem-lotado-cheio-0916-1400x800
Imagem: Google
Advertisements

Fiquei com vontade

Fiquei com vontade
E com medo de
Denunciar/Bloquear
a publicação
da pessoa
Em facebook.

Publicação agressiva
desonrosa
sem sentido comparação
e desrespeitosa.

Porém, pensei que
sendo assim
o ato de fazer
ir até a página da pessoa
e lhe bloquear
denunciar e
dizer porquê.

Qual seria então a reformulação,
formação,
ou seria punição,
que a pessoa há de ter?

Pode ser anônima
Mas, será?
E simplesmente
só de não o ver
na minha timeline

Não significa que
o sujeito
Não venha a
demonstrar
novamente
as mesmas posições.

E eu como educadora popular
então
posso ou não resolver dialogar
com este ser
então ele saberá que estou
a lhe enfrentar.

(…)

Logo, o culto ao ódio
a se manifestar e se exaltar
com tanto horror
poderá ir até aquele que o faça
e talvez até com balas na cabeça
iremos todxs a morrer.

Justa causa
Causa injusta
Injusta causa
Causa justa

Não ultrapasse as barreiras do além
Pode ser assim,
pode ser também
Pode ser alguém ou ninguém e tanto faz.
Pode ser todxs n´s e sempre
E quando e nunca.

Hora

Desordenamento descontente.
Inalteração.
Desencanto. Desespero.
Alienação. Observação. Amargo vazio.
Hora das indecisões.
Tranquilidade e paz.
Axé.
Até mais.
Hora de embarcar.
Hora de ir além.
Hora de emancipar.
Hora de alterar.
Pra onde?

Algum refúgio

“As mensagens que viriam hoje.
Não seriam as mesmas de ontem
Nem talvez as falas de amanhã.
As palavras desordenadas que me orientam.
Não passam de espetáculo da minha mente desregrada.
Tentando mostrar algum lugar.
Algum refúgio.
Onde possa me encontrar/ encantar”…